May 17, 2022

The Catholic Transcript

Complete News World

iFood será a 1° empresa a realizar delivery com drones no Brasil após permissão da Anac |  Technologia

iFood será a 1° empresa a realizar delivery com drones no Brasil após permissão da Anac | Technologia

Entregas comerciais poderão ser realizadas via drones no Brasil, inclusive de alimentos, autorizou a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) nesta sexta-feira (21). Com isso, o iFood, em parceria com a Speedbird Aero, será a primeira empresa das Americas a realizar delivery neste modal em todo o território brasileiro.

A permissão, que é a primeira do tipo no país, se restringe ao modelo DLV-1 NEO, em rotas BVLOS, ou seja, além da linha visual do piloto. O drone deverá percorrer apenas distâncias de até 3 km, com cargas de até 2,5 kg.

A Speedbird Aero, empresa que poderá operar os drones, deverá respeitar outras restrições de seguranca, como não sobrevoar pessoas, manter distância de possíveis fontes de interferência eletromagnética, observar alturás emasí nimas de e mço.

“É uma conquista única para o Brasil. Esse é um marco histórico na aviação, mas também no desenvolvimento da sociedade. É o início de uma mudança que agilizará as entregas com o uso de um modal aéreo em parte das rotas”, diz Fernando Martins, head de logística e inovação no iFood.

A empresa explicou que os drones fazem apenas uma parte do trajeto. Eles levam os pedidos até um droneport (área específica e segura para pousos e decolagens de drones), onde são coletados por um entregador do iFood, que completa an entrega até os clientes.

O iFood disse, em nota, que vem testando o modal desde 2020, e foi a primeira foodtech a realizar entregas por meio de drones com as aprovações dos órgãos competentes em toda a América Latina.

A empresa ressalta que todas as operações com drones são realizadas pela Speedbird, por profissionais habilitados e preparados para an aeronavegabilidade de forma segura.

Em nota, an anac relatou que o processo de autorização do projeto foi desenvolvido em 8 meses, em conjunto com a Speedbird Aero e AL Drones. O trabalho foi conduzido também pelas Superintendências de Aeronavegabilidade (Sar) e de Padrões Operacionais (Spo) da Anac.

Foram feitos ensaios para testar o uso do drone: três em São José dos Campos (SP), para avaliação das características técnicas da aeronave, e um ensaio em Aracaju (SE), para avaliação operacional.

Relembro o primeiro teste com o drone para delivery:

VÍDEO: Anac testa delivery de comida com uso de drones